PTBR/Prabhupada 0593 - Assim que você vem para a Consciência de Krsna você se torna alegre

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0592
Próxima Página - Video 0594 Go-next.png

Assim que você vem para a Consciência de Krsna você se torna alegre
- Prabhupāda 0593


Lecture on BG 2.20 -- Hyderabad, November 25, 1972

Então, todos nós somos parte e parcela de Kṛṣṇa, mamaivāṁśo jīva-bhūtaḥ (BG 15.7). Assim, nosso relacionamento é eterno. Agora nós esquecemos. Estamos pensando que "eu não sou de Kṛṣṇa, eu sou da América." "Eu sou da Índia". Esta é a nossa ilusão. Então, pelo método apropriado... O método é ouvir. E cantar através de seu ouvido: "Você não é americano. Você é de Kṛṣṇa. Você não é americano..." "Você não é indiano. Você é de Kṛṣṇa". Desta forma, ouvindo, ouvindo, ele pode: "Oh, sim, eu sou de Kṛṣṇa". Este é o caminho. Temos de injetar constantemente: ".... Você não é americano. Você não é indiano. Você não é russo. Você é de Kṛṣṇa. Você é de Kṛṣṇa". Em seguida, cada mantra ganhou valor; então ele vem, "Oh, sim, eu sou de Kṛṣṇa". Brahma-bhūtaḥ prasa... "Por que eu estava pensando que eu era russo e americano e isso e aquilo?" Brahma-bhūtaḥ prasannātmā na śocati na kāṅkṣati (BG 18.54). Assim que ele chega a esse estado, ele não tem mais lamentação. Aqui, como americano ou indiano ou russo, temos duas coisas: lamentação e anseio. Todo mundo está ansiando o que não possui: "Eu devo ter isso". E o que ele possui, se for perdido, ele está lamentando: "Oh, eu perdi". Então, estes dois negócios estão acontecendo. Tão logo você venha, não venha para a Consciência de Kṛṣṇa, seu, estes dois negócios vão continuar, lamentação e ansiedade. E assim que você vir para a Consciência de Kṛṣṇa, você se torna alegre. Não há nenhuma razão para lamentação. Não há nenhuma razão para ansiedade. Tudo está completo. Kṛṣṇa é completo. Assim, ele torna-se livre. Este é o estado brahma-bhūtaḥ. Então, este pode ser despertado por audição. Portanto, o mantra védico é chamado śruti. A pessoa tem que receber esse despertar através do ouvido. Śravaṇaṁ kīrtanaṁ viṣṇoḥ (SB 7.5.23). Deve-se sempre ouvir e cantar sobre Viṣṇu. Hare Kṛṣṇa, Hare Kṛṣṇa, Kṛṣṇa Kṛṣṇa, Hare Hare/ Hare Rāma, Hare Rāma, Rāma Rāma, Hare Hare. Então ceto-darpaṇa-mārjanam (CC Antya 20.12), tudo vai ser limpo, e ele vai conseguir entender que "eu sou o servo eterno de Kṛṣṇa".

(pausa)

Quando você se torna Vaiṣṇava, o Bramanismo já está incluído. O processo geral é, a menos que a pessoa não venha para a plataforma de sattva-guṇa, ela não pode entender o que é a consciência de Kṛṣṇa. Essa é a regra geral. Mas esse Kṛṣṇa, serviço devocional, movimento para a consciência de Kṛṣṇa, é tão bom que simplesmente por ouvir sobre Kṛṣṇa, você vem imediatamente para a plataforma brahmínica. Naṣṭa-prāyeṣu abhadreṣu nityaṁ bhāgavata-sevayā (SB 1.2.18). Abhadra. Abhadra significa essas três qualidades da natureza material. Até mesmo qualidades brahmínicas. A qualidade śūdra, a qualidade vaiśya, ou a qualidade kṣatriya, ou mesmo a qualidade brāhmaṇa. Todas elas são abhadras. Porque na qualidade brāhmaṇa, novamente a mesma identificação vem. "Oh, eu sou brāhmaṇa. Ninguém pode tornar-se brāhmaṇa sem nascimento. Eu sou grande. Eu sou brāhmaṇa". Este falso prestígio vem. Assim, ele fica atado. Mesmo em qualidades brahmínicas. Mas quando ele chega à plataforma espiritual, na verdade, como Caitanya Mahāprabhu disse, "Eu não sou brāhmaṇa, eu não sou sannyāsī, eu não sou gṛhastha, não sou brahmacārī", Não, não, não... Estes oito princípios, varṇāśrama, Ele nega. Então, o que você é? Gopī-bhartuḥ pada-kamalayor dāsa-dāsānudāsaḥ (CC Madhya 13.80). "Eu sou o servo do servo do servo de Kṛṣṇa". Esta é a auto-realização.