PTBR/Prabhupada 0887 - Veda significa conhecimento, e Anta significa última etapa, ou final

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

Veda significa conhecimento, e Anta significa última etapa, ou final
- Prabhupāda 0887


750522 - Lecture SB 06.01.01-2 - Melbourne

Nós estamos sob a lei da natureza. Você não pode dizer que você é independente. A lei da natureza é muito rigorosa. Prakṛteḥ kriyamāṇāni guṇaiḥ karmāṇi sarvaśaḥ (BG 3.27). A lei da natureza ... Assim como fogo. Se você tocar fogo, ele vai queimar. E até mesmo uma criança, que é inocente, se a criança toca o fogo, ela vai se queimar. Não há desculpa. Você não pode dizer que "A criança é inocente. Ela não sabe o efeito de tocar no fogo, então ela deve ser desculpada." Não. A ignorância não é desculpa. Especialmente... Estas são as leis estaduais. Você não pode dizer... Suponha que você tenha cometido algum ato criminoso. Se você implorar: "Meu senhor, eu não sabia que o..., Depois de cometer este ato, eu tive que sofrer na prisão. Então você me desculpe, "não, isso não será desculpado. Conhecendo ou não a lei, se você agiu desta forma você deve sofrer. Isto está acontecendo.

Então, nós não acreditamos na próxima vida apenas para evitar essa consequência. Mas isso não vai nos desculpar. Temos de aceitar um tipo de corpo. Caso contrário, como existem tantos tipos diferentes de corpos? Qual é a explicação? Por que diferentes formas de corpo, diferentes estágios de corpo, diferentes padrões de corpo? Essa é a lei da natureza. Por isso, esta forma de vida humana deve ser utilizada corretamente, não simplesmente engajados na gratificação dos sentidos como cães e gatos. Isso não é vida muito responsável. Vida responsável é aquela, "eu tenho esta forma de vida melhor do que os cães e gatos, e eu tenho mais inteligência do que os cães e gatos. Se eu simplesmente utilizá-lo para as quatro necessidades corporais de vida..." Quatro necessidades corporais de vida significa que precisamos de alguma comida. Os gatos, cães, seres humanos ou juiz de alta corte ou qualquer um, eles precisam de algo para comer. Eles precisam dormir, apartamento. Então, isso é... Os gatos e os cães podem dormir sem apartamento, mas o sono é necessário. Isso é verdade. Comer é necessário, isto é um fato. E a vida sexual, isto também é um fato. E a defesa, isto também é um fato. Mas essas coisas são comuns aos gatos e cães e homem, ser humano.

Então, qual é a característica especial do ser humano? A característica especial do ser humano é que um ser humano pode considerar, que "eu tenho este agradável corpo americano ou australiano ou indiano. Então o que eu vou conseguir na próxima? Que tipo de corpo?" Isto é utilizado para a inteligência humana. Um gato e um cão não podem pensar assim. Portanto, nossa ocupação deve ser: "Agora, por meio da natureza, eu vim a esta forma de vida pelo processo evolutivo. Agora eu tenho boa inteligência. Como devo utilizá-la?"

Essa utilização adequada é indicada na filosofia Vedānta. Filosofia Vedānta, talvez você tenha ouvido o nome. Veda significa conhecimento, e anta significa último estágio, ou final. Tudo tem um fim. Então, você está sendo educado. Você está recebendo educação. Onde ela termina? Isso é chamado Vedānta. Onde é o ponto final. Assim, a filosofia Vedānta diz... Isso é filosofia Vedānta, conhecimento final. O conhecimento final, que é explicado no Bhagavad-gītā, o que é que o conhecimento final. Vedaiś ca sarvair aham eva vedyam (BG 15.15).

Você está cultivando conhecimento. "O objetivo final do conhecimento", Krishna diz, "é conhecer-Me." Vedaiś ca sarvair aham eva vedyam. Todo o conhecimento é destinado a compreender Deus. Este é o fim do conhecimento. Pelo conhecimento progressivo você pode fazer progressos, mas a menos que você não chegue ao ponto de entender o que é Deus, então o seu conhecimento é imperfeito. Isso é chamado Vedānta. Athāto brahma jijñāsā. Esta forma de vida humana, instalação agradável, inteligência... Assim como a Austrália era subdesenvolvida. Depois que os europeus chegaram aqui, agora está muito desenvolvida, engenhosa, porque a inteligência tem sido utilizada.

Da mesma forma, a América, muitos outros lugares. Assim, esta inteligência deve ser utilizada. Mas se nós simplesmente utilizamos essa inteligência para a mesma finalidade que os gatos e os cães estão envolvidos, então esta não é a utilização adequada. A utilização adequada é Vedānta. Athāto brahma jijñāsā: "Agora você deve indagar sobre Brahman, o Absoluto." Isso é inteligência.