PTBR/Prabhupada 0935 - A real necessidade da vida é fornecer os confortos da alma

From Vanipedia
Jump to: navigation, search

A real necessidade da vida é fornecer os confortos da alma


A real necessidade da vida é fornecer os confortos da alma
- Prabhupāda 0935


730425 - Lecture SB 01.08.33 - Los Angeles

Então é dito que... Agora estou explicando esse verso. Dharmasya glānir bhavati. Isto é dharmasya glāniḥ, poluição do dever. Dharma significa dever. Dharma não é uma espécie de fé. No dicionário de inglês se diz: "religião significa uma fé". Não, não. Não é. Dharma significa o verdadeiro dever constitucional. Isso é dharma. Então, se você não tem informações sobre a alma, se você não sabe qual é a necessidade da alma, simplesmente você está ocupado com as necessidades corporais da vida, conforto corporal... Então, o conforto corporal não o salvará.

Suponha-se que um homem esteja muito bem situado. Isso significa que ele não vai morrer? Ele morrerá. Então, simplesmente por confortos corporais, você não pode existir. Sobrevivência do mais forte. Luta pela existência. Então, quando simplesmente cuidamos do corpo, isso é chamado dharmasya glāniḥ, poluído. É preciso saber qual é a necessidade do corpo e qual é a necessidade da alma. A verdadeira necessidade da vida é fornecer os confortos da alma. E a alma não pode obter conforto por ajustes materiais. Porque a alma é uma identidade diferente, a alma deve receber comida espiritual. Esse alimento espiritual é essa consciência de Kṛṣṇa. Se você der à alma o alimento espiritual...

Alimento, existem, quando alguém está doente, você deve lhe dar dieta e medicina. Duas coisas são necessárias. Se você simplesmente lhe dá remédios, sem dieta, isso não terá muito sucesso. Ambas as coisas. Então, esse movimento pra consciência de Kṛṣṇa é destinado a dar alimento, significa dieta e medicamento, para a alma. O remédio é o Hare Kṛṣṇa mahā-mantra. Bhavauṣadhāc chrotra-mano-'bhirāmāt ka uttamaśloka-guṇānuvādāt pumān virajyeta vinā paśughnāt (SB 10.1.4). Parīkṣit Mahārāja disse a Śukadeva Gosvāmī, que "Esta discussão do Bhāgavata que você está preparado para me dar, não é uma coisa comum". Nivṛtta-tarṣair upagīyamānāt. Esta discussão Bhāgavata é prazerosa à pessoas que são nivṛtta-tṛṣṇā. Tṛṣṇā, tṛṣṇā significa anseio. Todos neste mundo material estão ansiosos, ansiosos. Então, alguém que é livre deste anseio, ele pode saborear o Bhāgavata, como palatável ele é. É tal coisa. Nivṛtta-tarṣaiḥ ... Da mesma forma, bhāgavata significa também, o mantra Hare Kṛṣṇa também é bhāgavata. Bhāgavata significa qualquer coisa em relação com o Senhor Supremo. Isso é chamado bhāgavata. O Senhor Supremo é chamado Bhagavān. Bhāgavata-śabda, e em relação com Ele, qualquer coisa, esse bhāgavata-śabda se transforma em bhāgavata-śabda.

Então Parīkṣit Mahārāja disse que o gosto de Bhāgavata pode ser apreciado por uma pessoa que terminou seus anseios por desejos materiais. Nivṛtta-tarṣair upagīyamānāt. E o que é, por que essa coisa deve ser provada? Bhavauṣadhi. Bhavauṣadhi, remédio para a nossa doença de nascimento e morte. Bhavau significa "tornar-se".