PTBR/Prabhupada 0339 - Deus é o predominador - Nós somos predominados

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0338
Próxima Página - Video 0340 Go-next.png

Deus é o predominador - Nós somos predominados
- Prabhupāda 0339


Lecture on SB 5.5.2 -- Hyderabad, April 11, 1975

Por muito tempo estamos nesta plataforma material, no conceito de vida corpórea, então haverá distinção: "Eu sou índio", "Você é americano", "Você é inglês," "Você é este, aquele", muitas coisas, muitas denominações. Portanto, se você quiser subir até a plataforma da realização espiritual, então a fórmula é sarvopādhi-vinirmuktam. Sarvopādhi-vinirmuktaṁ nirmalam tat-paratvena (CC Madhya 19.170). Esse é o começo. Isso significa início na plataforma brahma-bhūta. Brahma-bhūta... (SB 4.30.20). Mesma coisa. É, Nārada Pancaratra, sarvopādhi-vinirmuktam, e brahma-bhūtaḥ prasannātmā (BG 18.54), o Bhagavad-gita, a mesma coisa. Onde quer que você encontre a literatura védica, a mesma coisa. Por isso, é autoridade. Não há nenhuma contradição. Na plataforma material, você escreve um livro, eu escrevo um livro, então eu discordo de você, e você discorda de mim. Isso é plataforma material. Mas na plataforma espiritual, há plataforma auto-realizada. Não há erro, não há ilusão, não há sentidos imperfeitos e não há engano. Essa é a plataforma espiritual. Portanto, o Bhagavad-gītā diz, brahma-bhūtaḥ prasannātmā na śocati na kāṅkṣati (BG 18.54). A mesma coisa está confirmada no Nārada Pañcarātra:

sarvopādhi-vinirmuktaṁ
tat-paratvena nirmalam
hṛṣīkeṇa hṛṣīkeśa-
sevanaṁ bhaktir ucyate
(CC Madhya 19.170)

Esta é a plataforma que tem que vir, plataforma espiritual, em que hṛṣīkeṇa... Hṛṣīka significa os sentidos, os sentidos materiais e os sentidos espirituais. Então, o que são os sentidos espirituais? Sentido espiritual não é insensatez. Não. Sentidos purificados. Nos sentidos impuros eu estou pensando, "Este corpo é indiano, por isso que eu estou destinado a servir a Índia" "Este corpo é americano, por isso que eu estou destinado a prestar serviço para a América." Este é upādhi. Mas no sentido espiritual significa o sarvopādhi-vinirmuktam - "Eu não sou mais indiano, não mais americano, não mais brāhmaṇa, não mais śūdra." Então, o que eu sou? Como Caitanya Mahaprabhu disse, como Kṛṣṇa também disse, sarva-dharmān parityajya mām ekam... (BG 18.66). Essa é a plataforma espiritual, na qual: "eu não mais pertenço a este dharma ou aquele dharma. Eu sou simplesmente uma alma rendida a Kṛṣṇa". Este é sarvopādhi-vinirmuktam (CC Madhya 19.170). Se alguém pode vir a esta plataforma de entendimento espiritual, em que: "eu sou alma espiritual. Ahaṁ brahmāsmi. Eu sou parte integrante de Deus..." Mamaivāṁśo jīva-bhūtaḥ (BG 15.7). Kṛṣṇa diz: "Todas essas entidades vivas, elas são minha parte e parcela." Manaḥ ṣaṣṭhānīndriyāṇi prakṛti-sthāni karṣati: (BG 15.7) "Ele está lutando pela existência, sendo envolto pela mente e pelo corpo." Esta é a posição.

Assim, o nosso movimento para a consciência de Kṛṣṇa é educar as pessoas que: "Você não é esse corpo, não é esta mente, não é esta inteligência, mas acima disto. Você é a alma espiritual." Assim Krishna confirma aquele mamaivāṁśa. Então, se Krishna é espírito, espírito supremo, então você também é espírito supremo. Mas a única diferença é que Ele é o supremo; nós estamos subordinados. Nityo nityānāṁ cetanaś cetanānām eko ​​yo bahūnāṁ vidadhāti... (Kaṭha Upaniṣad 2.2.13). Esta é a prescrição védica. Ele também é uma entidade viva, nós também somos entidades vivas, mas Ele é supremo e nós somos subordinados. Esta é a diferença. Eko yo bahūnāṁ vidadhāti kāmān. Esta é a nossa posição. Isto é auto-realização. Quando você entende isso, que: "Krishna, ou o Senhor Supremo, ou Deus, o que quer que você diga, Ele é a alma espiritual completa, e nós somos porções fragmentares dessa alma espiritual, e Ele é o mantenedor; nós somos mantidos. Ele é o predominador; nós somos predominados", Portanto, esta é a primeira realização. Isso é chamado de brahma-bhūta. E se você fizer mais avanço na fase brahma-bhūta, então talvez depois de muitos nascimentos você pode entender o que é Kṛṣṇa. Essa é a... Bahūnāṁ janmanām ante (BG 7.19). Kṛṣṇa diz no Bhagavad-gītā, bahūnāṁ janmanām ante jñānavān māṁ prapadyate. Quando alguém é perfeitamente jñānavān, sábio, então, seu negócio é vāsudevaḥ sarvam iti sa mahātmā sudurlabhaḥ (BG 7.19). Assim, ele pode entender que Vāsudeva, o filho de Vasudeva, Kṛṣṇa, é tudo. Essa realização necessária. Esta é a perfeição da Consciência de Kṛṣṇa.