PTBR/Prabhupada 0958 - Você não ama as vacas; Você as envia para o matadouro

From Vanipedia
Jump to: navigation, search
Go-previous.png Página anterior - Video 0957
Próxima Página - Video 0959 Go-next.png

Você não ama as vacas; Você as envia para o matadouro
- Prabhupāda 0958


750624 - Conversation - Los Angeles

Dr. Orr: Este cantar é absolutamente necessário no conhecimento...

Prabhupāda: Essa é a maneira mais fácil de estar diretamente em contato com Deus. Porque Deus e o nome de Deus, são absolutos, então o seu canto do nome de Deus significa que está diretamente em contato com Deus.

Dr. Crossley: Por que isso é melhor do que amar seus semelhantes no tradicional bhakti-mārga?

Prabhupāda: Mas você ama os seus semelhantes, mas você não ama seus companheiros animais. Você ama o homem, mas você manda os animais para o matadouro. Esse é o seu amor.

Dr. Wolfe: E os soldados pra batalha...

Prabhupāda: Huh?

Dr. Wolfe: E os soldados pra batalha para serem mortos.

Prabhupāda: Não, agora primeiro estuda esse homem, então você vai para soldados. Nosso amor é limitado. Mas se você ama... Assim como esta árvore. Há muitas milhares de folhas e flores. Então, se você molhar cada uma delas, então isso ocupará toda a sua vida. E se você é inteligente, basta colocar água na raiz; ela irá pra todos os lugares. E se você não é inteligente, então continue colocando água em cada folha, cada... Todo o seu corpo requer comida. Isso não significa que você tenha que fornecer comida aos ouvidos, aos olhos, às unhas, ao reto, ao... Não. Você dá comida ao estômago, e será distribuída. Então Kṛṣṇa diz, mayā tatam idaṁ sarvam. Isso nós já estudamos. Então, se você ama Kṛṣṇa, seu amor será distribuído. Se você não ama Kṛṣṇa e se você ama outro alguém, então alguém vai chorar que "Você não me ama".

Dr. Wolfe: Posso fazer uma pergunta, Śrīla Prabhupāda?

Prabhupāda: Em primeiro lugar, tente entender isso. Assim como Kṛṣṇa diz, mayā tatam idaṁ sarvam: "Estou expandido pela Minha energia em todos os lugares". Então, em todos os lugares, como você pode ir? Você ama Kṛṣṇa, e seu amor irá em todos os lugares. Você paga impostos ao governo e o imposto é distribuído em muitos departamentos. Portanto, não é sua função ir a cada departamento e pagar impostos. Paga ao tesouro do governo; será distribuído. Isso é inteligência. E se você diz que "Por que devo pagar ao tesouro? Eu vou pagar a este departamento, esse departamento, esse departamento, esse departamento," você pode continuar assim, mas nunca será o suficiente, nem completo. Então você pode amar a humanidade, mas porque você não ama Kṛṣṇa, então, você não ama as vacas; Você as envia para o matadouro. Então seu amor permanecerá defeituoso. Nunca será completo. E se você ama Kṛṣṇa, então você vai amar até a formiga pequena. Você não terá interesse em matar nem mesmo uma formiga. Isso é amor verdadeiro.

Dr. Orr: Eu concordo com você que amamos muito mal, e nós abatemos os animais.

Prabhupāda: Sim. Então amar mal não é amor.

Dr. Orr: Mas o oposto é verdadeiro, que cantamos muito bem e que podemos amar Kṛṣṇa mesmo quando não podemos amar os nossos companheiros?

Prabhupāda: Nós não estamos... Cantando... Nós também estamos trabalhando. Não é que estamos simplesmente sentados e cantando. Porque estamos cantando, portanto amamos a todos. Isso é um fato. Estes cantores Hare Kṛṣṇa, eles nunca concordarão em matar qualquer animal, nem mesmo uma planta, porque eles sabem que tudo é parte integrante de Deus. Por que matar alguém desnecessariamente? Isso é amor.

Dr. Orr: Amor significa nunca matar?

Prabhupāda: há tantas coisas. É um dos itens. Sim, é um dos... Você mata seu próprio filho? Por quê? Porque você o ama.

Dr. Judah: Você poderia explicar o outro lado disso, o fato de que, é claro, o Bhagavad-gītā foi, tem como cenário um campo de batalha em que Kṛṣṇa manda Arjuna sair e lutar contra seus parentes porque é seu dever como kṣatriya?

Prabhupāda: Sim. Porque no mundo material, para a manutenção do equilíbrio da sociedade, é necessário, às vezes, matar. Assim como a luta, a guerra. Quando o inimigo chega ao seu país, você não pode ficar parado; você deve lutar. Mas isso não significa que você tenha permissão para matar qualquer um como quiser. Isso é uma circunstância especial quando combate deve estar presente. Portanto, os kṣatriyas são necessários pra dar proteção.